Como se beneficiar da nuvem em tempos de crise energética?

Desde meados do ano passado, especialistas do setor elétrico já afirmavam que o nosso país poderia ficar no “escuro”. Infelizmente, essa pro...


Desde meados do ano passado, especialistas do setor elétrico já afirmavam que o nosso país poderia ficar no “escuro”. Infelizmente, essa projeção tornou-se realidade, e agora passamos por uma intensa crise energética. Com isso, surge o potencial risco da temida “falta de energia”, além do drástico aumento no seu custo. De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), as tarifas deverão subir cerca de 53% em 2015. Para os economistas, esse é um momento de muita atenção. Não apenas a população deve empregar esforços para minimizar o consumo de energia elétrica, mas também o setor corporativo. E visando a redução de custos, a mitigação de riscos e a proteção de seus sistemas, as empresas estão adotando o modelo de cloud computing para o armazenamento de dados. A seguir, descubra como essa solução pode gerar benefícios para o seu negócio em tempos de crise energética.

Saem os data centers e entra a cloud computing
As empresas, independentemente de seu porte ou setor, estão sendo pressionadas para reduzirem o seu consumo de energia elétrica nos próximos meses. E para cumprirem as metas de eficiência energética, os gestores estão adotando inúmeras soluções, como a troca dos sistemas de iluminação tradicionais por modelos gerenciados com LEDs, substituição dos sistemas de ar condicionado antigos por modernos que consomem pouca energia e atualização dos equipamentos obsoletos por modelos eficientes. E de acordo com uma pesquisa realizada pela IDC Brasil, a crise elétrica poderá acelerar a renovação do parque tecnológico. Além disso, ela prevê uma busca crescente e acentuada por tecnologias que garantam mais eficiência energética.

E segundo Pietro Delai, gerente de pesquisa e consultoria corporativa da empresa, os gestores buscarão tecnologias mais modernas. “O cenário é uma oportunidade para os fabricantes, pois existe a possibilidade iminente de troca do parque tecnológico”, afirmou. Ele também acredita que haverá um aumento significativo da procura pela cloud computing, prevendo um salto de 50% na adoção do modelo de nuvem pública nesse ano. “Nuvem significa compartilhamento de recursos, algo que favorece os custos e a otimização dos ativos”, observa. Por isso, no setor de TI das empresas, haverá uma drástica substituição dos data centers pela nuvem para o armazenamento dos sistema de missão crítica. A terceirização dos servidores físicos, bem como a criação de nuvens híbridas para o compartilhamento dos riscos, será a principal meta das empresas nesse ano.

A relação entre nuvem e eficiência energética
As soluções para minimizar a crise energética, como o uso de usinas termoelétricas, refletem diretamente no custo das tarifas de energia, que cresce continuamente, desde 2013. Segundo dados do Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (FIRJAN), a previsão é de que haja um aumento de 87,6% no custo da energia para a indústria, no período entre 2013 e 2016. E essa crise continuará pelos próximos três anos, com prováveis racionamentos e apagões. E com isso, todos os setores dependentes de tecnologia da informação ficam sujeitos ao risco da falta de energia, que culmina para parada de suas operações. No Brasil, cerca de 80% das organizações possuem data centers próprios para armazenar suas aplicações críticas, segundo a IDC. Porém, grande parte delas não está preparada para suportar períodos de interrupções no fornecimento energético. Além disso, uma sala de servidores consome muita energia, fazendo com que a empresa destine uma grande parcela de seus recursos financeiros para o pagamento da mesma.

Cloud em prol da eficiência energética
Esse cenário desafiador será impulsionado pelo aumento da competitividade em todos os segmentos do mercado, e pela necessidade de menor latência e maior agilidade de dados e aplicações. Portanto, cloud e eficiência energética são conceitos que caminham juntos na pauta dos gestores de TI, bem como o seu modelo de Infraestrutura como Serviço (IaaS). E para exemplificar a eficiência em custos que a cloud agrega no dia a dia das empresas, basta citar a eliminação de investimentos na aquisição de ativos de TI, que possuem um custo altíssimo, tais como servidores e softwares básicos, e o corte dos custos de energia do centro de processamento interno. Assim, os recursos financeiros são direcionados para o Core Business do negócio. Além disso, essa solução auxiliará na mitigação de possíveis riscos e proteção dos seus sistema de missão crítica, garantindo alta disponibilidade e continuidade das operações do negócio.

E você, já está preparado para a crise energética? Que medidas está adotando para reduzir custos e garantir a continuidade do seu negócio? Conte para a gente!

Fonte: skyone

COMENTÁRIOS

Nome

14136,1,14136:2002,1,16280,11,abastecimento,7,Abinee,2,ABNT,22,Abraceel,3,abradee,7,ação social,3,acidentes,9,ADASA,1,administração de condomínios,6,AES,2,água,28,Alston,1,ambiente interno,1,ANA,1,Anatel,5,Android,1,aneel,67,Angra,1,ANP,1,apagão,8,Aplicações,2,aplicativo,5,Apple,2,aquecedor solar,2,aquecimento,3,ar condicionado,3,arquitetura,4,ART,2,Asolar Energy,1,associações,3,assosindicos,29,assosindicos-df,25,aterramento,2,audiência pública,5,autoconsumo remoto,1,autogeração,4,autogeradores,2,automação,1,automóvel,6,autônomo,5,Baidu,2,bairro,1,banda-larga,6,bandeiras tarifárias,55,barrageiro,1,bateria,27,Belo Monte,9,bicicleta,2,biodiesel,2,bioenergia,5,biogás,1,biohacking,1,biomassa,5,biotecnologia,1,blog,4,blogueiros de brasília,7,BNDES,11,boletos,1,bom negócio,2,Bovespa,1,bricolagem,1,BRICS,2,burocracia,1,cabeamento estruturado,2,Cade,2,CAESB,3,calculadora,1,campanha,4,carnaval,1,carregador,6,carreira,15,carro elétrico,23,cartel,3,cartilha,5,carvão,2,catavento,2,CCEE,7,CEB,32,CELG,2,celular,11,células de combustível,1,centrais hidrelétricas,1,cesp,1,cftv,2,charge,3,chefe,1,China,9,chip,1,choque,4,choque elétrico,6,cidade inteligente,4,Ciência,8,Cinema,2,classe,1,CLDF,6,climatização,1,CO2,7,código de posturas,1,cogeração qualificada,1,coletores solares,1,combustíveis,4,comércio,2,computadores,4,comunicação,11,concessionárias,8,concurso público,1,condomínio,27,Condomínios,27,congresso,3,conjuntura,1,construção civil,3,consulta pública,7,consumo,77,conta,69,controle de acesso,1,convenção,1,convênios,1,convivência,5,CoP21,4,Copel,2,corrupção,7,CPFL,10,CREA,5,CREADF,4,crise,10,crise energética,12,crise hídrica,58,CSEM,2,cultura,4,currículo,5,cursos,22,custos,4,decreto,1,defesa civil,4,desabastecimento,2,descarga atmosférica,6,descarga elétrica,6,descargas elétricas,5,desmatamento,3,diesel,3,direito tributário,1,disjuntores,1,Dispositivo de Proteção contra Surtos,2,Dispositivo DR,2,distribuidora,15,Distrito Federal,7,dívida,4,Doe Sangue,1,DPS,2,drones,3,ecológico,2,economia,158,Edificações,7,Eduardo Braga,3,educação,12,eficiência energética,25,elétrica,11,eletricidade,46,eletricista,3,eletrobras,8,eletroeletônicos,1,Eletrolão,1,eletrônica,4,Eletros,1,elevadores,3,empreendedorismo,9,emprego,15,empreiteiras,2,Empresa de Pesquisa Energética,3,Empresas,4,Empresas abertas,1,Empresas brasileiras,1,Empresas estatais,1,endividamento,3,energia,88,energia elétrica,85,energia eólica,30,energia limpa,19,energia nuclear,4,energia renovável,32,energia solar,107,energia sustentável,13,energias alternativas,17,engenharia,28,ensino,6,entidades,1,entretenimento,1,eólica,16,EPE,6,escola,4,escolaridade,1,estágio,1,Estatais brasileiras,1,estatísticas,1,estatuto,1,evento,18,exposição,6,fábrica,7,facebook,2,falta de energia,9,família luz,1,feira,5,FGTS,4,Fiepa,1,finanças,4,financeiro,2,fios e cabos elétricos,11,fluorescentes,4,FMI,1,fontes renováveis,19,fotovoltaico,52,fraude,7,frente parlamentar,2,Funai,1,futuro,5,gás,8,gás natural,8,gasoduto,1,GDF,30,General Electric,1,gênero,1,geração compartilhada,1,geração de empregos,2,geração de energia,25,geração distribuída,8,geração eólica,18,geração solar,26,gerador,7,geradores a diesel,1,Gere sua energia,1,gestão,9,golpe,1,google,6,governo,67,greenpeace,2,greve,1,grupo gerador,1,habitíssimo,1,halógenas,3,heliotermia,4,heliotérmica,4,Hemocentro,1,hidrelétrica,20,hidrelétricas,27,hídrica,1,hidrometração,2,hidrômetro,1,história,3,HORÁRIO DE BRASÍLIA,6,HORÁRIO DE VERÃO,7,HORÁRIO DE VERÃO 2014/2015,2,hospital,1,HTTP/2,1,ibge,1,ICMS,9,idade,1,identificação,1,IDV,1,iluminação,24,imóveis,3,impeachment,2,impostos,12,inadimplência,3,incandescentes,4,individualização,1,indústria,18,inflação,3,informação,7,infraestrutura,7,Inmetro,1,inovação,66,inspeção,6,instalações,13,internet,34,investimentos,41,iPhone,1,irregularidades,5,Israel,1,ISSE 2016,1,Itaipu,7,Jirau,4,lâmpadas,12,laudo,7,laudo técnico,10,laudo termográfico,1,led,13,legislação,5,lei,18,leilão,12,licitação,3,light,3,linguagem de programação,2,linhas de transmissão,3,linux,1,literatura,2,lítio,1,livros,5,lixo,5,LUOS,5,luz,67,manutenção,14,marco civil,7,marketing,1,matriz elétrica,8,MDIC,1,megausinas,1,megawatts,1,MEI,1,Meio Ambiente,6,mercado,37,mercado de trabalho,7,mercado imobiliário,4,Mercosul,1,metrô-df,7,MG,2,Micro Empreendedor Individual,2,microgeração,26,microgeração de energia,28,microgeração distribuída,13,microsoft,5,microtorres eólicas,2,Minas Gerais,2,minigeração distribuída,4,Ministério de Minas e Energia,22,MMA,2,MME,14,mobilidade,1,Módulos Fotovoltaicos,4,monitoramento remoto,1,Montes Claros,1,mortes,3,motores a diesel,2,motores elétricos,1,MP,3,MTE,2,multinacional,2,museu,3,nanotecnologia,1,NBR,19,negócios,3,no-break,2,Normas,25,normativa,3,Norte de Minas,1,Novas tecnologias,2,NR-10,3,nuvem,2,onedrive,1,ONS,17,orelhões,1,outorga,1,painéis solares,29,painel fotovoltaico,41,palestra,7,para-raio,3,parecer técnico,1,Parque Tecnológico Itaipu,5,parques eólicos,8,pás de rotor,1,pátio,1,patrão,1,Pequenas empresas,2,perfil,1,pesquisa,25,petróleo,3,pilha,1,PL,21,placa fotovoltaica,26,planejamento,6,plano de privatização,4,plantas,2,plástico,1,PLS,5,pocel,1,política,7,poluição,5,portabilidade,7,Portugal,1,potabilidade,1,PPCUB,5,PPP,1,preço,4,Prefeitura de São Paulo,1,premiação,1,prevenção,3,primeira indústria de painéis,3,procel,3,professor,1,profissional habilitado,17,profissional liberal,7,Project Sunroof,1,projeto de lei,25,projetos na área,16,pronatec,1,proposta,7,Proteste,2,qualidade da água,1,QUANDO COMEÇA O HORÁRIO DE VERÃO,5,QUE HORAS SÃO,5,racionamento,9,rádio JK FM,1,raio,3,raios,5,recarga,1,reciclagem,4,rede inteligente,5,redes de smart grid,6,redes sociais,11,Reformas,10,registro profissional,4,regras,5,regras de convivência,5,reservatórios,16,resíduos,2,resolução,7,retrofit,1,revisão,1,revolução,2,RFID,1,risco de apagão,3,robôs voadores,1,rolamentos,1,salário,3,Santo Antônio,2,saúde,8,Sebrae,2,sedhab,1,segurança,30,seminário,1,Senai,3,Serviços,3,setor,4,setor elétrico,91,similares,1,síndico,15,Síndicos,20,sistema elétrico,5,smart grid,18,smartphone,6,sobrecarga,1,Socioeconomia,2,software,9,solar,26,Spotify,1,startup,2,stj,2,subsíndico,4,sustentabilidade,32,tarifa,92,TCDF,1,teatro,1,Técnicas,2,técnico,5,técnico de grau médio,10,técnicos industriais,15,tecnologia,41,tecnologia da informação,34,telecomunicações,16,telemedidores,2,temperatura,1,termelétrica,8,termografia,1,termologia,1,tesla,5,trânsito,1,transmissão de energia,6,tributação,7,turbina,4,turbina eólica,9,TV Digital,5,Ubuntu,1,UnB,6,União Européia,1,urbanismo,1,usina hidrelétrica,15,usina nuclear,2,usina solar,19,usinas eólicas,10,vento,1,video,6,videovigilância,1,vistoria,3,vizinho,3,voltagem,1,web,6,webinar,3,whatsapp,7,workshop,1,zelador,1,
ltr
item
apservtec: Como se beneficiar da nuvem em tempos de crise energética?
Como se beneficiar da nuvem em tempos de crise energética?
https://lh6.googleusercontent.com/proxy/Fv-WgBKmdvLor21EAyjFAFyQzLUtvmu2mghVI4MUQpl1Vc5Jas-6NEjUGRjLMr1-jozpBoXy_bOPTqF1nKNzfdwL8ju9L_J3DNaklLgJdZjk49mK1uSM1Q2rUTNnZKW1JeMgcB4APGbgvn9ExLGpBnx0hguKZWP7C0a7o7RrVgepvJFd6tdkRuaDiSo
https://lh6.googleusercontent.com/proxy/Fv-WgBKmdvLor21EAyjFAFyQzLUtvmu2mghVI4MUQpl1Vc5Jas-6NEjUGRjLMr1-jozpBoXy_bOPTqF1nKNzfdwL8ju9L_J3DNaklLgJdZjk49mK1uSM1Q2rUTNnZKW1JeMgcB4APGbgvn9ExLGpBnx0hguKZWP7C0a7o7RrVgepvJFd6tdkRuaDiSo=s72-c
apservtec
http://servicos.atualidadepolitica.com.br/2015/08/como-se-beneficiar-da-nuvem-em-tempos.html
http://servicos.atualidadepolitica.com.br/
http://servicos.atualidadepolitica.com.br/
http://servicos.atualidadepolitica.com.br/2015/08/como-se-beneficiar-da-nuvem-em-tempos.html
true
104026982293760891
UTF-8
Carregar todos Post não encontrado Ver Todos Ler Mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGS POSTS Ver TUDO RELACIONADAS TÓPICO ARQUIVO BUSCAR TODOS A busca não retornou respostas Início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora 1 minuto há $$1$$ minutos 1 hora há $$1$$ horas Ontem há $$1$$ dias há $$1$$ semanas há mais de 5 semanas Seguidores Seguir CONTEÚDO EXLUSIVO - COMPARTILHE PARA ACESSAR 1º Compartilhe em suas redes sociais para liberar 2º Clique no link compartilhado em sua rede social Copiar TUDO Selecionar TUDO Todos os códigos foram copiados Códigos/textos não copiados, pressione [CTRL]+[C] (ou CMD+C no Mac) para copiar Sumário