Siemens vê Brasil além da crise e aposta em oportunidades no país

Na matriz da Siemens, em Munique, no sul da Alemanha, há uma amostra dos produtos criados pela empresa desde a sua fundação por Werner von S...

A meta da Siemens no Brasil é dobrar a receita de vendas, saindo de R$ 5 bilhões para R$ 10 bilhões em 2020.


Na matriz da Siemens, em Munique, no sul da Alemanha, há uma amostra dos produtos criados pela empresa desde a sua fundação por Werner von Siemens, em 1847. São máquinas que evidenciam as transformações pelas quais passou a companhia ao longo de sua história. Os produtos em exposição vão do dínamo elétrico, base para a moderna geração de energia elétrica, até uma réplica em miniatura do Velaro, o trem de passageiros de alta-velocidade. Mas ainda hoje as mudanças na gigante alemã da engenharia continuam.

A Siemens vive em 2015 uma fase de transição marcada pelo corte de custos -a meta é economizar € 1 bilhão até 2016 - e pela consolidação de uma estratégia de negócios que busca tornar a empresa mais eficiente até 2020, onde chega seu planejamento estratégico. "2016 é o ano em que vamos voltar a crescer", disse o presidente mundial, o alemão Joe Kaeser. No ano fiscal de 2014 (de 1º de outubro de 2013 até 30 de setembro do ano passado), a Siemens faturou € 71,9 bilhões, abaixo dos anos fiscais de 2013 e de 2012.

Em entrevista ao Valor, Kaeser falou sobre as mudanças pelas quais a Siemens vem passando sob sua gestão, que completa dois anos este mês. "Buscamos simplificar a organização e torná-la mais ágil e descentralizada, com foco não na Alemanha, mas nos países onde atuamos", disse o executivo de 58 anos, nascido em Arnbruck, estado da Baviera. A Siemens tem quatro áreas de negócios: energia, infraestrutura, automação e saúde. Até poucos anos atrás, porém, a Siemens era uma empresa focada em telecomunicações, mas vendeu ativos no setor e fez uma mudança bem-sucedida de perfil corporativo. Hoje é uma companhia forte na área de energia, segmento em que tem uma ampla atuação (turbinas a gás e vapor, eólica e renováveis e gerenciamento de energia).

Kaeser citou o Brasil e a China, entre outros mercados, como exemplos da política regional da Siemens, de entender as necessidades locais dos clientes. Nesses dois grandes países emergentes, a Siemens está presente há mais de um século (a Cia. Brazileira de Eletricidade Siemens-Schuckertwerke foi fundada no Rio, em 1905). A lógica da Siemens é permanecer onde atua com visão de longo prazo mesmo que os países atravessem crises econômicas e políticas, caso do Brasil. "Estamos no Brasil há muitos anos e vamos permanecer com visão de longo prazo. Não vamos sair porque há crise e voltar quando as pessoas acham que é um bom momento para estar lá. A crise representa também oportunidade", disse Kaeser ao responder pergunta sobre o fato de a visita da chanceler Angela Merkel, prevista para chegar ao país na noite de ontem, coincidir com momento de turbulência política e econômica.

No ano passado, a Siemens faturou cerca de € 2 bilhões no Brasil, o que representou quase 3% do faturamento global do grupo. Mas a meta da empresa, anunciada em junho quando Kaeser esteve no país e reuniu-se, em Brasília, com a presidente Dilma Roussef, é dobrar a receita até 2020. Se alcançar o objetivo, a Siemens vai sair de faturamento de R$ 5 bilhões no ano fiscal de 2014 para R$ 10 bilhões, em 2020. Kaeser disse ver "enormes" oportunidades no Brasil.

O presidente da Siemens no Brasil, Paulo Stark, afirmou que nos próximos anos haverá maior pressão por eficiência no setor elétrico no país, incluindo geração, transmissão e distribuição. E nesse contexto haverá oportunidades de crescimento para novas tecnologias, como as redes "inteligentes" de distribuição ("smart grid") e a chamada geração distribuída (microgeração). A Siemens é um dos líderes mundiais na área de gerenciamento de energia.

Stark citou ainda oportunidades na infraestrutura de transportes no país. Disse que a Siemens vem trabalhando em projetos com investidores para mostrar os benefícios de se construir uma estrutura ferroviária eletrificada e automatizada. Citou o exemplo da linha 4-Amarela do Metrô de São Paulo, implantada com base em sistema automatizado que aumentou a eficiência na operação.

Segundo Kaeser, a Siemens se sente confortável em relação ao longo prazo no país, embora reconheça que há desafios de curto prazo que precisam ser superados. Por ser uma grande economia e um país populoso, o Brasil precisa de uma política de energia sustentável e confiável, afirmou. Mesmo reconhecendo a liderança do Brasil na área de energia renovável, uma vez que mais de 60% da eletricidade vem de fonte hídrica, é importante que haja um equilíbrio entre a energia renovável e outras fontes, disse Kaeser. Desde que assumiu a presidência da Siemens, ele vem implantando uma série de mudanças na companhia.

Em 2014, a Siemens definiu uma estratégia global, chamada de Visão 2020, apoiada em três pilares: eletrificação, automação e digitalização. Essas três tendências são aplicadas às quatro áreas de negócios da companhia (energia, automação, infraestrutura e saúde).

Na reestruturação interna, a Siemens cortou o número de divisões de 16 para 9 e vendeu uma série de ativos ao mesmo tempo em que fez aquisições reforçando sua posição em alguns segmentos, especialmente no setor de energia com a compra do negócio de turbinas a gás da Rolls-Royce. Também comprou a americana Dresser-Rand, que opera com turbinas a gás e a vapor. As aquisições reforçaram a posição da Siemens no segmento de óleo e gás, inclusive no Brasil. Mas a empresa também fez aquisições na área de automação industrial e digitalização.

Internamente, a Siemens também passou por uma espécie de depuração depois de registar problemas de controles internos ("compliance") que se tornaram evidentes a partir de 2006. Investigador independente foi contratado, executivos deixaram a companhia e houve renovação de parte do conselho de administração da empresa. Nos Estados Unidos, a Siemens foi acusada de não manter controles internos adequados e, em 2008, chegou a um acordo, no âmbito da lei americana contra corrupção no exterior. Houve acordo semelhante na Alemanha.

No Brasil, onde tem 12 fábricas e sete mil funcionários, a Siemens demitiu o antigo presidente por problemas de "compliance" em 2011. E em 2013 delatou um cartel envolvendo empresas nacionais e estrangeiras, incluindo a própria Siemens, em licitações envolvendo o Metrô de São Paulo e do Distrito Federal. Kaeser disse que houve uma "massiva" reestruturação e uma "limpeza" na empresa. "Hoje somos uma empresa limpa a toda prova", afirmou. O processo sobre prática de cartel está em fase de produção de provas no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). "Cooperamos e esperamos tratamento justo, não pedimos piedade", disse Kaeser.

O repórter viajou a convite da Siemens

Fonte: Valor

COMENTÁRIOS

Nome

14136,1,14136:2002,1,16280,11,abastecimento,7,Abinee,2,ABNT,22,Abraceel,3,abradee,7,ação social,3,acidentes,9,ADASA,1,administração de condomínios,6,AES,2,água,28,Alston,1,ambiente interno,1,ANA,1,Anatel,5,Android,1,aneel,67,Angra,1,ANP,1,apagão,8,Aplicações,2,aplicativo,5,Apple,2,aquecedor solar,2,aquecimento,3,ar condicionado,3,arquitetura,4,ART,2,Asolar Energy,1,associações,3,assosindicos,29,assosindicos-df,25,aterramento,2,audiência pública,5,autoconsumo remoto,1,autogeração,4,autogeradores,2,automação,1,automóvel,6,autônomo,5,Baidu,2,bairro,1,banda-larga,6,bandeiras tarifárias,55,barrageiro,1,bateria,27,Belo Monte,9,bicicleta,2,biodiesel,2,bioenergia,5,biogás,1,biohacking,1,biomassa,5,biotecnologia,1,blog,4,blogueiros de brasília,7,BNDES,11,boletos,1,bom negócio,2,Bovespa,1,bricolagem,1,BRICS,2,burocracia,1,cabeamento estruturado,2,Cade,2,CAESB,3,calculadora,1,campanha,4,carnaval,1,carregador,6,carreira,15,carro elétrico,23,cartel,3,cartilha,5,carvão,2,catavento,2,CCEE,7,CEB,32,CELG,2,celular,11,células de combustível,1,centrais hidrelétricas,1,cesp,1,cftv,2,charge,3,chefe,1,China,9,chip,1,choque,4,choque elétrico,6,cidade inteligente,4,Ciência,8,Cinema,2,classe,1,CLDF,6,climatização,1,CO2,7,código de posturas,1,cogeração qualificada,1,coletores solares,1,combustíveis,4,comércio,2,computadores,4,comunicação,11,concessionárias,8,concurso público,1,condomínio,27,Condomínios,27,congresso,3,conjuntura,1,construção civil,3,consulta pública,7,consumo,77,conta,69,controle de acesso,1,convenção,1,convênios,1,convivência,5,CoP21,4,Copel,2,corrupção,7,CPFL,10,CREA,5,CREADF,4,crise,10,crise energética,12,crise hídrica,58,CSEM,2,cultura,4,currículo,5,cursos,22,custos,4,decreto,1,defesa civil,4,desabastecimento,2,descarga atmosférica,6,descarga elétrica,6,descargas elétricas,5,desmatamento,3,diesel,3,direito tributário,1,disjuntores,1,Dispositivo de Proteção contra Surtos,2,Dispositivo DR,2,distribuidora,15,Distrito Federal,7,dívida,4,Doe Sangue,1,DPS,2,drones,3,ecológico,2,economia,158,Edificações,7,Eduardo Braga,3,educação,12,eficiência energética,25,elétrica,11,eletricidade,46,eletricista,3,eletrobras,8,eletroeletônicos,1,Eletrolão,1,eletrônica,4,Eletros,1,elevadores,3,empreendedorismo,9,emprego,15,empreiteiras,2,Empresa de Pesquisa Energética,3,Empresas,4,Empresas abertas,1,Empresas brasileiras,1,Empresas estatais,1,endividamento,3,energia,88,energia elétrica,85,energia eólica,30,energia limpa,19,energia nuclear,4,energia renovável,32,energia solar,107,energia sustentável,13,energias alternativas,17,engenharia,28,ensino,6,entidades,1,entretenimento,1,eólica,16,EPE,6,escola,4,escolaridade,1,estágio,1,Estatais brasileiras,1,estatísticas,1,estatuto,1,evento,18,exposição,6,fábrica,7,facebook,2,falta de energia,9,família luz,1,feira,5,FGTS,4,Fiepa,1,finanças,4,financeiro,2,fios e cabos elétricos,11,fluorescentes,4,FMI,1,fontes renováveis,19,fotovoltaico,52,fraude,7,frente parlamentar,2,Funai,1,futuro,5,gás,8,gás natural,8,gasoduto,1,GDF,30,General Electric,1,gênero,1,geração compartilhada,1,geração de empregos,2,geração de energia,25,geração distribuída,8,geração eólica,18,geração solar,26,gerador,7,geradores a diesel,1,Gere sua energia,1,gestão,9,golpe,1,google,6,governo,67,greenpeace,2,greve,1,grupo gerador,1,habitíssimo,1,halógenas,3,heliotermia,4,heliotérmica,4,Hemocentro,1,hidrelétrica,20,hidrelétricas,27,hídrica,1,hidrometração,2,hidrômetro,1,história,3,HORÁRIO DE BRASÍLIA,6,HORÁRIO DE VERÃO,7,HORÁRIO DE VERÃO 2014/2015,2,hospital,1,HTTP/2,1,ibge,1,ICMS,9,idade,1,identificação,1,IDV,1,iluminação,24,imóveis,3,impeachment,2,impostos,12,inadimplência,3,incandescentes,4,individualização,1,indústria,18,inflação,3,informação,7,infraestrutura,7,Inmetro,1,inovação,66,inspeção,6,instalações,13,internet,34,investimentos,41,iPhone,1,irregularidades,5,Israel,1,ISSE 2016,1,Itaipu,7,Jirau,4,lâmpadas,12,laudo,7,laudo técnico,10,laudo termográfico,1,led,13,legislação,5,lei,18,leilão,12,licitação,3,light,3,linguagem de programação,2,linhas de transmissão,3,linux,1,literatura,2,lítio,1,livros,5,lixo,5,LUOS,5,luz,67,manutenção,14,marco civil,7,marketing,1,matriz elétrica,8,MDIC,1,megausinas,1,megawatts,1,MEI,1,Meio Ambiente,6,mercado,37,mercado de trabalho,7,mercado imobiliário,4,Mercosul,1,metrô-df,7,MG,2,Micro Empreendedor Individual,2,microgeração,26,microgeração de energia,28,microgeração distribuída,13,microsoft,5,microtorres eólicas,2,Minas Gerais,2,minigeração distribuída,4,Ministério de Minas e Energia,22,MMA,2,MME,14,mobilidade,1,Módulos Fotovoltaicos,4,monitoramento remoto,1,Montes Claros,1,mortes,3,motores a diesel,2,motores elétricos,1,MP,3,MTE,2,multinacional,2,museu,3,nanotecnologia,1,NBR,19,negócios,3,no-break,2,Normas,25,normativa,3,Norte de Minas,1,Novas tecnologias,2,NR-10,3,nuvem,2,onedrive,1,ONS,17,orelhões,1,outorga,1,painéis solares,29,painel fotovoltaico,41,palestra,7,para-raio,3,parecer técnico,1,Parque Tecnológico Itaipu,5,parques eólicos,8,pás de rotor,1,pátio,1,patrão,1,Pequenas empresas,2,perfil,1,pesquisa,25,petróleo,3,pilha,1,PL,21,placa fotovoltaica,26,planejamento,6,plano de privatização,4,plantas,2,plástico,1,PLS,5,pocel,1,política,7,poluição,5,portabilidade,7,Portugal,1,potabilidade,1,PPCUB,5,PPP,1,preço,4,Prefeitura de São Paulo,1,premiação,1,prevenção,3,primeira indústria de painéis,3,procel,3,professor,1,profissional habilitado,17,profissional liberal,7,Project Sunroof,1,projeto de lei,25,projetos na área,16,pronatec,1,proposta,7,Proteste,2,qualidade da água,1,QUANDO COMEÇA O HORÁRIO DE VERÃO,5,QUE HORAS SÃO,5,racionamento,9,rádio JK FM,1,raio,3,raios,5,recarga,1,reciclagem,4,rede inteligente,5,redes de smart grid,6,redes sociais,11,Reformas,10,registro profissional,4,regras,5,regras de convivência,5,reservatórios,16,resíduos,2,resolução,7,retrofit,1,revisão,1,revolução,2,RFID,1,risco de apagão,3,robôs voadores,1,rolamentos,1,salário,3,Santo Antônio,2,saúde,8,Sebrae,2,sedhab,1,segurança,30,seminário,1,Senai,3,Serviços,3,setor,4,setor elétrico,91,similares,1,síndico,15,Síndicos,20,sistema elétrico,5,smart grid,18,smartphone,6,sobrecarga,1,Socioeconomia,2,software,9,solar,26,Spotify,1,startup,2,stj,2,subsíndico,4,sustentabilidade,32,tarifa,92,TCDF,1,teatro,1,Técnicas,2,técnico,5,técnico de grau médio,10,técnicos industriais,15,tecnologia,41,tecnologia da informação,34,telecomunicações,16,telemedidores,2,temperatura,1,termelétrica,8,termografia,1,termologia,1,tesla,5,trânsito,1,transmissão de energia,6,tributação,7,turbina,4,turbina eólica,9,TV Digital,5,Ubuntu,1,UnB,6,União Européia,1,urbanismo,1,usina hidrelétrica,15,usina nuclear,2,usina solar,19,usinas eólicas,10,vento,1,video,6,videovigilância,1,vistoria,3,vizinho,3,voltagem,1,web,6,webinar,3,whatsapp,7,workshop,1,zelador,1,
ltr
item
apservtec: Siemens vê Brasil além da crise e aposta em oportunidades no país
Siemens vê Brasil além da crise e aposta em oportunidades no país
http://3.bp.blogspot.com/-NXl8FCxTQTI/VdXudOdrRUI/AAAAAAAAbFI/7dsTiC2e53A/s1600/siemens-brasil.jpg
http://3.bp.blogspot.com/-NXl8FCxTQTI/VdXudOdrRUI/AAAAAAAAbFI/7dsTiC2e53A/s72-c/siemens-brasil.jpg
apservtec
http://servicos.atualidadepolitica.com.br/2015/08/siemens-ve-brasil-alem-da-crise-e.html
http://servicos.atualidadepolitica.com.br/
http://servicos.atualidadepolitica.com.br/
http://servicos.atualidadepolitica.com.br/2015/08/siemens-ve-brasil-alem-da-crise-e.html
true
104026982293760891
UTF-8
Carregar todos Post não encontrado Ver Todos Ler Mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGS POSTS Ver TUDO RELACIONADAS TÓPICO ARQUIVO BUSCAR TODOS A busca não retornou respostas Início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora 1 minuto há $$1$$ minutos 1 hora há $$1$$ horas Ontem há $$1$$ dias há $$1$$ semanas há mais de 5 semanas Seguidores Seguir CONTEÚDO EXLUSIVO - COMPARTILHE PARA ACESSAR 1º Compartilhe em suas redes sociais para liberar 2º Clique no link compartilhado em sua rede social Copiar TUDO Selecionar TUDO Todos os códigos foram copiados Códigos/textos não copiados, pressione [CTRL]+[C] (ou CMD+C no Mac) para copiar Sumário