Mesmo com crise, microgeração avança e ajuda a reduzir custos

O alto custo da conta de energia levou a empresa de cosméticos DiColore a investir R$ 120 mil em um sistema de microgeração. Com 35 funcioná...


O alto custo da conta de energia levou a empresa de cosméticos DiColore a investir R$ 120 mil em um sistema de microgeração.

Com 35 funcionários e faturamento anual de R$ 18 milhões, a fabricante e distribuidora de cosméticos de Brusque (SC) já era adepta de ações sustentáveis, como a reciclagem de papéis e plásticos e o aproveitamento da água da chuva.

Ao instalar 80 placas no telhado da fábrica com 2,2 mil metros quadrados de área construída em agosto de 2015, a companhia tornou-se a primeira no município a aderir à energia solar fotovoltaica.

O investimento garantiu a produção de potência instalada de 21,06 kWp. "Estamos satisfeitos e pretendemos recuperar o capital investido em quatro anos", conta o diretor Charles Becker. Segundo ele, a instalação foi rápida. "A obra demorou 20 dias porque decidimos colocar uma estrutura metálica sobre o telhado para poder aproveitar melhor o sol, senão teria sido mais rápido ainda", conta.

Fornecedora do sistema utilizado, a Quantum Engenharia, de Florianópolis (SC), acredita na expansão da microgeração em todo o Brasil. Segundo o gerente comercial da empresa, Ruy Tiedje, estimativas oficiais preveem entre 1 milhão e 1,2 milhão de instalações de geração distribuídas em todo o Brasil até 2024. "No litoral norte de Santa Catarina, com uma das piores condições de insolação do País, temos 40% mais sol que na Alemanha, ou seja, o negócio é muito vantajoso", defende o engenheiro, citando um dos países referência em geração de energia solar.

Conta mais barata

Na DiColore, a conta de energia elétrica foi reduzida em quase R$ 1.100,00 em abril de 2016, em comparação com abril do ano anterior. Em junho, quando a geração foi de 2.260 kWh, a fatura paga à distribuidora local, a Celesc, foi de R$ 1.055,03 pelos 2.038 kWh comprados, enquanto em abril de 2015 a conta somou R$ 2.151,89 por 3.068 kWh consumidos. O cálculo que prevê o retorno do investimento, no entanto, é mais complexo e inclui tanto projeções de consumo quanto possíveis altas na tarifa cobrada, que no período foi 8,7% superior.

De acordo com Tiedje, as instalações de geração distribuída são um bom negócio para os clientes da categoria B3 das concessionárias, que se enquadram nas tarifas de energia mais caras. "Entre as empresas, estão comércios e pequenas indústrias com consumo mensal acima de 150 kWh. Há uma combinação de custo de instalação por quilowatt que compensa o investimento. Para medir isso, fazemos estudos que consideram esses valores dos equipamentos, a insolação e as tarifas cobradas." Ele destaca que, entre os clientes da Quantum, há supermercados, academias e postos de gasolina, além de residências de alto padrão, os primeiros a adotar o sistema.

Segundo Tiedje, o mercado ganhou corpo com esse público - residências de classes A e B com consciência ambiental -, mas a tendência é de ampliação maior entre empresas. "Neste mês estamos instalando 12 placas fotovoltaicas em uma academia de ginástica em São José, na Grande Florianópolis. Eles vão investir R$ 95 mil em um sistema de 12 kWp. Com isso, terão economia de 40% na conta de energia, que atinge cerca de R$ 6 mil mensais durante o período de verão", completa.

O presidente executivo da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), Rodrigo Sauaia, concorda que o cliente comercial ou o prestador de serviço ligados à rede de baixa tensão são grandes candidatos a adotar a energia fotovoltaica. "A recomendação para esse público é sempre buscar empresas especializadas, que vão avaliar o potencial que cada negócio possui para receber o equipamento, que nem sempre precisa ser instalado no telhado. Temos mais de 125 associados à Absolar que fazem cotações", explica.

Sauaia destaca o benefício de os equipamentos de energia solar serem modulares. "O empreendimento pode começar pequeno e ir se ampliando, conforme a disponibilidade de recursos. Há cotações a partir de R$ 7,5 mil", salienta.

Conta mais barata

Outras vantagens são a garantia de 25 anos oferecida pelos fabricantes, as linhas de financiamento disponíveis, a pouca necessidade de manutenção e a maior previsibilidade de gastos com energia, diz Sauaia, lembrando dos aumentos contínuos nas tarifas de energia elétrica em todo o País. "Quem investe ganha competitividade e valorização da marca, pela melhoria da qualidade do meio ambiente, valor intangível e importante", afirma.

Para o ex-vice-presidente da Eletropaulo e consultor da organização internacional Instituto de Engenheiros Eletricistas e Eletrônicos (IEEE), Cyro Bocuzzi, a regulamentação do setor foi essencial para a decisão de pequenas e médias empresas investirem em geração. A pouca burocracia é outro facilitador. A Prefeitura de São Paulo, por exemplo, não exige licenciamento para a instalação de equipamentos. "Para incentivar esses investimentos, vários estados decidiram isentar o ICMS sobre o uso dessa energia", diz.

Segundo a Absolar, houve crescimento de 313% no mercado de micro e minigeração em 2015, com 1.754 sistemas instalados. O negócio segue em alta em 2016, com 2.632 instalações no primeiro semestre.

Fonte: DCI

COMENTÁRIOS

Nome

14136,1,14136:2002,1,16280,11,abastecimento,7,Abinee,2,ABNT,22,Abraceel,3,abradee,7,ação social,3,acidentes,9,ADASA,1,administração de condomínios,6,AES,2,água,28,Alston,1,ambiente interno,1,ANA,1,Anatel,5,Android,1,aneel,67,Angra,1,ANP,1,apagão,8,Aplicações,2,aplicativo,5,Apple,2,aquecedor solar,2,aquecimento,3,ar condicionado,3,arquitetura,4,ART,2,Asolar Energy,1,associações,3,assosindicos,29,assosindicos-df,25,aterramento,2,audiência pública,5,autoconsumo remoto,1,autogeração,4,autogeradores,2,automação,1,automóvel,6,autônomo,5,Baidu,2,bairro,1,banda-larga,6,bandeiras tarifárias,55,barrageiro,1,bateria,27,Belo Monte,9,bicicleta,2,biodiesel,2,bioenergia,5,biogás,1,biohacking,1,biomassa,5,biotecnologia,1,blog,4,blogueiros de brasília,7,BNDES,11,boletos,1,bom negócio,2,Bovespa,1,bricolagem,1,BRICS,2,burocracia,1,cabeamento estruturado,2,Cade,2,CAESB,3,calculadora,1,campanha,4,carnaval,1,carregador,6,carreira,15,carro elétrico,23,cartel,3,cartilha,5,carvão,2,catavento,2,CCEE,7,CEB,32,CELG,2,celular,11,células de combustível,1,centrais hidrelétricas,1,cesp,1,cftv,2,charge,3,chefe,1,China,9,chip,1,choque,4,choque elétrico,6,cidade inteligente,4,Ciência,8,Cinema,2,classe,1,CLDF,6,climatização,1,CO2,7,código de posturas,1,cogeração qualificada,1,coletores solares,1,combustíveis,4,comércio,2,computadores,4,comunicação,11,concessionárias,8,concurso público,1,condomínio,27,Condomínios,27,congresso,3,conjuntura,1,construção civil,3,consulta pública,7,consumo,77,conta,69,controle de acesso,1,convenção,1,convênios,1,convivência,5,CoP21,4,Copel,2,corrupção,7,CPFL,10,CREA,5,CREADF,4,crise,10,crise energética,12,crise hídrica,58,CSEM,2,cultura,4,currículo,5,cursos,22,custos,4,decreto,1,defesa civil,4,desabastecimento,2,descarga atmosférica,6,descarga elétrica,6,descargas elétricas,5,desmatamento,3,diesel,3,direito tributário,1,disjuntores,1,Dispositivo de Proteção contra Surtos,2,Dispositivo DR,2,distribuidora,15,Distrito Federal,7,dívida,4,Doe Sangue,1,DPS,2,drones,3,ecológico,2,economia,158,Edificações,7,Eduardo Braga,3,educação,12,eficiência energética,25,elétrica,11,eletricidade,46,eletricista,3,eletrobras,8,eletroeletônicos,1,Eletrolão,1,eletrônica,4,Eletros,1,elevadores,3,empreendedorismo,9,emprego,15,empreiteiras,2,Empresa de Pesquisa Energética,3,Empresas,4,Empresas abertas,1,Empresas brasileiras,1,Empresas estatais,1,endividamento,3,energia,88,energia elétrica,85,energia eólica,30,energia limpa,19,energia nuclear,4,energia renovável,32,energia solar,107,energia sustentável,13,energias alternativas,17,engenharia,28,ensino,6,entidades,1,entretenimento,1,eólica,16,EPE,6,escola,4,escolaridade,1,estágio,1,Estatais brasileiras,1,estatísticas,1,estatuto,1,evento,18,exposição,6,fábrica,7,facebook,2,falta de energia,9,família luz,1,feira,5,FGTS,4,Fiepa,1,finanças,4,financeiro,2,fios e cabos elétricos,11,fluorescentes,4,FMI,1,fontes renováveis,19,fotovoltaico,52,fraude,7,frente parlamentar,2,Funai,1,futuro,5,gás,8,gás natural,8,gasoduto,1,GDF,30,General Electric,1,gênero,1,geração compartilhada,1,geração de empregos,2,geração de energia,25,geração distribuída,8,geração eólica,18,geração solar,26,gerador,7,geradores a diesel,1,Gere sua energia,1,gestão,9,golpe,1,google,6,governo,67,greenpeace,2,greve,1,grupo gerador,1,habitíssimo,1,halógenas,3,heliotermia,4,heliotérmica,4,Hemocentro,1,hidrelétrica,20,hidrelétricas,27,hídrica,1,hidrometração,2,hidrômetro,1,história,3,HORÁRIO DE BRASÍLIA,6,HORÁRIO DE VERÃO,7,HORÁRIO DE VERÃO 2014/2015,2,hospital,1,HTTP/2,1,ibge,1,ICMS,9,idade,1,identificação,1,IDV,1,iluminação,24,imóveis,3,impeachment,2,impostos,12,inadimplência,3,incandescentes,4,individualização,1,indústria,18,inflação,3,informação,7,infraestrutura,7,Inmetro,1,inovação,66,inspeção,6,instalações,13,internet,34,investimentos,41,iPhone,1,irregularidades,5,Israel,1,ISSE 2016,1,Itaipu,7,Jirau,4,lâmpadas,12,laudo,7,laudo técnico,10,laudo termográfico,1,led,13,legislação,5,lei,18,leilão,12,licitação,3,light,3,linguagem de programação,2,linhas de transmissão,3,linux,1,literatura,2,lítio,1,livros,5,lixo,5,LUOS,5,luz,67,manutenção,14,marco civil,7,marketing,1,matriz elétrica,8,MDIC,1,megausinas,1,megawatts,1,MEI,1,Meio Ambiente,6,mercado,37,mercado de trabalho,7,mercado imobiliário,4,Mercosul,1,metrô-df,7,MG,2,Micro Empreendedor Individual,2,microgeração,26,microgeração de energia,28,microgeração distribuída,13,microsoft,5,microtorres eólicas,2,Minas Gerais,2,minigeração distribuída,4,Ministério de Minas e Energia,22,MMA,2,MME,14,mobilidade,1,Módulos Fotovoltaicos,4,monitoramento remoto,1,Montes Claros,1,mortes,3,motores a diesel,2,motores elétricos,1,MP,3,MTE,2,multinacional,2,museu,3,nanotecnologia,1,NBR,19,negócios,3,no-break,2,Normas,25,normativa,3,Norte de Minas,1,Novas tecnologias,2,NR-10,3,nuvem,2,onedrive,1,ONS,17,orelhões,1,outorga,1,painéis solares,29,painel fotovoltaico,41,palestra,7,para-raio,3,parecer técnico,1,Parque Tecnológico Itaipu,5,parques eólicos,8,pás de rotor,1,pátio,1,patrão,1,Pequenas empresas,2,perfil,1,pesquisa,25,petróleo,3,pilha,1,PL,21,placa fotovoltaica,26,planejamento,6,plano de privatização,4,plantas,2,plástico,1,PLS,5,pocel,1,política,7,poluição,5,portabilidade,7,Portugal,1,potabilidade,1,PPCUB,5,PPP,1,preço,4,Prefeitura de São Paulo,1,premiação,1,prevenção,3,primeira indústria de painéis,3,procel,3,professor,1,profissional habilitado,17,profissional liberal,7,Project Sunroof,1,projeto de lei,25,projetos na área,16,pronatec,1,proposta,7,Proteste,2,qualidade da água,1,QUANDO COMEÇA O HORÁRIO DE VERÃO,5,QUE HORAS SÃO,5,racionamento,9,rádio JK FM,1,raio,3,raios,5,recarga,1,reciclagem,4,rede inteligente,5,redes de smart grid,6,redes sociais,11,Reformas,10,registro profissional,4,regras,5,regras de convivência,5,reservatórios,16,resíduos,2,resolução,7,retrofit,1,revisão,1,revolução,2,RFID,1,risco de apagão,3,robôs voadores,1,rolamentos,1,salário,3,Santo Antônio,2,saúde,8,Sebrae,2,sedhab,1,segurança,30,seminário,1,Senai,3,Serviços,3,setor,4,setor elétrico,91,similares,1,síndico,15,Síndicos,20,sistema elétrico,5,smart grid,18,smartphone,6,sobrecarga,1,Socioeconomia,2,software,9,solar,26,Spotify,1,startup,2,stj,2,subsíndico,4,sustentabilidade,32,tarifa,92,TCDF,1,teatro,1,Técnicas,2,técnico,5,técnico de grau médio,10,técnicos industriais,15,tecnologia,41,tecnologia da informação,34,telecomunicações,16,telemedidores,2,temperatura,1,termelétrica,8,termografia,1,termologia,1,tesla,5,trânsito,1,transmissão de energia,6,tributação,7,turbina,4,turbina eólica,9,TV Digital,5,Ubuntu,1,UnB,6,União Européia,1,urbanismo,1,usina hidrelétrica,15,usina nuclear,2,usina solar,19,usinas eólicas,10,vento,1,video,6,videovigilância,1,vistoria,3,vizinho,3,voltagem,1,web,6,webinar,3,whatsapp,7,workshop,1,zelador,1,
ltr
item
apservtec: Mesmo com crise, microgeração avança e ajuda a reduzir custos
Mesmo com crise, microgeração avança e ajuda a reduzir custos
http://www.agenciacanalenergia.com.br/clipping/zpublisher/imagens/2016/06/186055-3.jpg
apservtec
http://servicos.atualidadepolitica.com.br/2016/06/mesmo-com-crise-microgeracao-avanca-e.html
http://servicos.atualidadepolitica.com.br/
http://servicos.atualidadepolitica.com.br/
http://servicos.atualidadepolitica.com.br/2016/06/mesmo-com-crise-microgeracao-avanca-e.html
true
104026982293760891
UTF-8
Carregar todos Post não encontrado Ver Todos Ler Mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGS POSTS Ver TUDO RELACIONADAS TÓPICO ARQUIVO BUSCAR TODOS A busca não retornou respostas Início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora 1 minuto há $$1$$ minutos 1 hora há $$1$$ horas Ontem há $$1$$ dias há $$1$$ semanas há mais de 5 semanas Seguidores Seguir CONTEÚDO EXLUSIVO - COMPARTILHE PARA ACESSAR 1º Compartilhe em suas redes sociais para liberar 2º Clique no link compartilhado em sua rede social Copiar TUDO Selecionar TUDO Todos os códigos foram copiados Códigos/textos não copiados, pressione [CTRL]+[C] (ou CMD+C no Mac) para copiar Sumário